sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Pode meditar...

Primeiro recomendo que repouse e acalme sua mente. Com a mente calma é mais fácil tomar consciência do que se passa observando: pensamentos, emoções, e sensações. Normalmente isso é comparado a pegar um copo de água misturado com sedimentos. Quando paramos de agitar o copo, "o pensar compulsivo", a água fica mais clara, e é possível observar tudo com mais clareza. Aqui a intenção não é deixar a mente vazia, pois a função da mente é pensar. Apenas observe, e não rejeite nada que aparecer, nem se apegue, apenas observe sem julgar. Nem bom, nem mal. Com a prática vai perceber que entre um fenômeno* e outro há um intervalo estável. Nessa primeira etapa você irá aprender a "residir" na "paz" e na tranquilidade, o que é uma abordagem não-analítica, que é o que alguns mestres chamam de "ficar no silêncio" e outros de entrar em contato com a sua "consciência natural". Depois recomendo entrar em uma segunda etapa, que é observar na sua mente, o que você rejeita, o que alimenta, tomar consciência do que você não percebia, encarar suas contradições, e como isso muda sua visão de mundo. Essa é uma abordagem mais analítica. Mas tenha calma, tenha paciência, só mantenha firme a sua intenção de cortar o(s) "nó"(s) do sofrimento. Libere qualquer expectativa de qualquer resultado. Não é como se você não quisesse conseguir, pelo contrário pois quando medita você já está fazendo a sua parte, você já está agindo, então apenas elimine as raízes da ansiedade. Sua determinação é suficiente. :)

*um fenômeno - um pensamento, uma emoção, uma sensação...

ascendente999@gmail.com

--
Link-Ref: https://aprensinando.blogspot.com.br
--
Olá! Como vai? Obrigado por sua visita.

Caso exista algum erro na escrita seria muito bom arrumar, certo? :) Muito obrigado.

sábado, 1 de julho de 2017

Partilha de vídeos #001

Olá! Há quanto tempo! Assisti um vídeo interessante e estou compartilhando. Tem duração de uma hora e seis minutos, onde um rapaz chamado Arata partilha suas experiências e faz um convite a reflexão. Percebi que ele faz algumas divulgações e mais no início do vídeo, mas a paciência valeu apena. Bye bye... see you later!


--
Link-Ref: https://aprensinando.blogspot.com.br
--
Olá! Como vai? Obrigado por sua visita.

Caso exista algum erro na escrita seria muito bom arrumar, certo? :) Muito obrigado.

sábado, 3 de dezembro de 2016

Entre a indignação e o amor

[Agora as denúncias vem de toda a parte, então uma vez que um é acusado vai entregando os outros. Isso não tem como parar, e assim a mesma mídia massiva passou a incluir o povo, que estava a margem do conhecimento, pois eles não tinham mais como contê-los. E a indignação é parte do processo de quem acorda agora e vê o quanto foi enganado. Embora seja natural essa revolta inicial, devemos seguir para o próximo passo, que é vencer o antagonismo, pois não há outro caminho para alcançar a sonhada paz, sem conflitos. A indignação é como um despertador, depois que você acorda não precisa mais dela. Você segue e não necessita de emoções destrutivas para construir um mundo melhor. Você já tem uma fonte muito melhor, de onde podem emergir as soluções criativas capazes de beneficiar a todos: o amor. Amor por você. Amor pelo seu povo. Amor pelo mundo. Experimente usá-lo e surpreenda-se.

ascendente999@gmail.com]

--
Hash-Code: a876b1579bd84807369fb457bc0e0775
Link-Ref: https://aprensinando.blogspot.com.br
--
Olá! Como vai? Obrigado por sua visita.

*hash-code é apenas uma forma de preservar a integridade do texto. Refere-se ao md5 do texto entre colchetes "[ ]". Caso exista algum erro na escrita seria muito bom arrumar, certo? :) Muito obrigado.